domingo, 28 de fevereiro de 2010

CANJA DE GALINHA CASEIRA

Há uns tempos as minha mãe deu-me uma galinha caseira...Canja, foi o resultado!
Não tem nada que saber, não é verdade...
Coze-se a galinha em água, sal e uma cebola.
Retira-se a cebola, deita-se massa a gosto e rectifica-se o sal.
O melhor desta canja além da carne e do sabor, são os ovos que elas trazem, adoro!
Vejam a quantidade de gordura que ela tinha, ainda deu para guardar e usar mais tarde.



Mas também não é toda a gente que tem mães ou sogras com galinhas hehehehehe e outras coisas boas...


BOLO DE CHOCOLATE NEGRO COM COBERTURA DE CHOCOLATE BRANCO

Uma verdadeira revolução nas cozinhas: DESMOLDANTE!
Esqueçam as mãos sujas de margarina para barrar uma forma, isto é uma maravilha!
É só pulverizar deitar o bolo e este desenforma perfeitamente, falo por experiência própria.




Bolo:
6 ovos
1 pacote de chocolate em pó
2 chávenas de farinha
2 chávenas de açucar
1 chávena óleo
1 chávena leite
fermento em pó

Batem-se as gemas com o açucar. Deita-se o leite e o óleo e o chocolate, unir tudo muito bem.
Deitar a farinha e o fermento e por fim as claras batidas em castelo.
Levar ao forno cerca de 30m a 180º ( depende dos fornos)
Desenformar e abrir ao meio.
Foi recheado com creme de ovos de compra.

Para decorar:
chocolate branco

Eu comprei um balde de 5kilos de chocolate branco e é só derreter em banho maria ou no microondas.
Pus o bolo sob uma rede e deitar o chocolate derretido por cima, não é preciso barrar, ele vai espalhando e seca.




Fica assim, lisinho.




Decorei com pepitas de chocolate e um morango.





São servido/as????






sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

AJUDA-OBRIGADO...JÁ FUI AJUDADA!!!!!!!!!

Preciso com urgência de cones de bolacha (gelados) para fazer um bolo.
Já me disseram que há no Modelo junto á secção das sobremesas, mas aqui em Portalegre como sempre não há nada.
Será que alguém é capaz de fazer o favor de ver se há e me enviar pelo correio????

domingo, 21 de fevereiro de 2010

CARNAVAL 2010

2 habitantes do Pólo Norte perdidos no Carnaval de Marvão...

( eu e a filha)

A festa na Discoteca A Cave em Stº Antº das Areias, a Sevilhana é a minha filha
Quem será aquele anão gigante????...há prémio para quem descobrir!!!!!


video

BOLO FLOR

Bolo Pavet recheado com creme de ovos e massa folhada!
Decorado com pasta de açucar!




PÃEZINHOS COM CHOURIÇO E COM AZEITONAS


Já tinha experimentado fazer pão em casa, mas ficou intragável de tanto sal que tinha hehehehe
Agora com as farinhas da Branca de Neve só não faz pão quem não quer!!!

É só juntar 300 ml de água a um pacote de farinha de pão branco Branca de Neve, amassar, deixar levedar e fazer bolinhas.

As minhas levaram chouriço, azeitonas(não é só no Pingo Doce que há deste pão) e outras foram simples para o marido comer com 3 ou 4 fatias de fiambre.


Aqui acabadinha de sair do forno, barrada com manteiga, delícia!!!!
Deram para 2 dias...aahhh e não tenho máquina de fazer pão, foi á mão heheheh ficaram uma beleza (não fosse eu filha de um ex-padeiro)





domingo, 14 de fevereiro de 2010

BOLO REI FOLHADO


Anadav eu a cuscar na internet frente á lareira quando me deparo com esta maravilha de bolo.
O marido disse logo :-Era maravilha se estivesse agora aqui!!
Pois mas não eram horas para ir fazer um bolo e saiu no fim de semana.
A receita foi tirada daqui.
É muito fácil, rápido e maravilhoso.

é preciso:
uma placa de massa folhada rectangular (lidl)
frutas cristalizadas, passinhas e amêndoas
bage cremin ( creme de ovo) , quem não tem deste creme pode fazer este que foi o que a Marta fez:



0.5dl de água

1 pau de canela

4 gemas

70g de açucar

Leva-se a água a ferver com o açucar e o pau de canela, deixar ferver até obter uma calda.

Depois deitar as gemas batidas mexendo bem até engrossar.

Estende-se a placa, barra-se com o bage cremin e deitam-se as frutas picadinhas por cima.




Enrola-se como se fosse uma torta. Cortam-se fatias grossas e colocam-se num tabuleiro sobrepostas.




Vai ao forno até ficar lourinho e a massa folhada bem cozida.



Querem uma fatia????E um copinho de vinho do porto????
Isso queriam voçês mas já não há hehehehehehe



ROLO DE CARNE COM QUEIJO E FIAMBRE

Comi isto pela primeira vez na casa da Tia Conceição, mas o dela era do comprado, gostei muito e resolvi fazer em casa.

É preciso:
0.500g de carne de porco picada
fatias de fiambre
fatias de queijo
alho em pó, sal, pimentão doce, pão ralado

Tempera-se a carne com o sal, alho em pó e pipemntão doce. Pus tb um pouco de pão ralado para unir melhor.
Em cima de uma folha de aluminio coloca-se a carne e vai-se espalhando com as mãos até ficar uniforme. Colocam-se as fatias de fiambre e queijo ao gosto de cada um.


Depois enrola-se como se fosse uma torta.







Polvilha-se com pão ralado. Cortei o meu ao meio e congelei metade.





O resto foi ao forno com cebola, azeite, polpa de tomate e um pouco de vinho branco.





Ó pra ele, tão apetitoso!








Fica mesmo, mesmo bom!
E quem é fã é a Dona Inês!!!!!

BOLO PARA O OUTRO AVÔ


Outro avô que fez tb 82 anos! Foi a vez do avô Vitorino da Fonte Souto.
É um bolo de iogurte, metade amarelo, metade azul.
Decorado com creme de manteiga, não podiam faltar as ovelhas , a horta e uma cerejeira!


Bolo:

6 ovos
1 iogurte de aroma ( morango)
3 copos de farinha
3 copos de açucar
1 copo de óleo
1 colher de sobremesa de fermento.

Batem-se as gemas com o açucar. Deita-se o iogurte e o óleo, mexendo bem.
Deita-se a farinha e o fermento e no fim as claras em castelo. Dividi a massa em duas partes e numa pus corante azul. Primeiro deitei a amarela e por cima a azul.
Vai ao forno numa forma untada a 180º cerca de 30m.

Cobertura:
creme de manteiga: manteiga derretida com açucar em pó e aroma de baunilha, fiz a olho, não sei precisar quantidades, para fazer as cores pus corantes.
Espalha-se muito bem com uma espátual e depois seca e fica duro, gostei do resultado!

Adoro ver o programa Inspiración Dulce do canal 104 da MEO, e a senhora está sempre a usar el creme de mantequilla...sou fã e todos os dias gravo para poder ver quando quero, ela faz bolos lindos e ensina tanta coisa que nem nos passa pela cabeça...


SOPA "ENCHE BARRIGAS"

Uma sopinha deliciosa que sabe tão bem num dia de frio!
Um prato desta sopa e um chouriço/mouro cozido, pão e azeitonas e está a refeição feita.

É preciso:
folhas de couves
batatas
cenouras
1 frasco de feijão catarino
azeite, sal, água
1 cebola
1 pedaço de mogango
1 chouriço e 1 mouro

Ter á mão uma panela de pressão e todos estes ingredientes é o que é preciso...
Cortam-se a batatas em meias luas pequeninas, as cenouras ás rodelas, as couves são cortadas como se fosse caldo-verde, a cebola picada, o mogango partido em pedaçinhos que depois se vão desfazer e o feijão.Deita.se água e azeite q.b e tempera-se com sal. Coloca-se as carnes ( tb se pode cozer uma unha ou um pedaço de toucinho de febra), fecha-se a panela, deixar apitar cerca de 15/20 m e está.
Se houver pedaços de verduras grandes podem-se esmagar com um garfo.

A Inês que é esquisita com as sopas, disse que o caldinho estava mesmo bom!

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

QUEIJADAS DE LEITE CONDENSADO

Estas queijadinhas são uma maravilha e muito fáceis de fazer.
Tirei a receita do blog da Comeia da Abelha.
É preciso:
1 lata de leite condensado
20g de açucar
40g de farinha
1 c. chá de fermento
100g de manteiga
3 ovos
amendoas laminadas-eu usei açucar em pó e canela para polvilhar

Misture o leite com a manteiga derretida.Junte os osvos, depois a farinha, o fermento e o açucar, mexa bem até obter uma massa homógenea.
Deite o preparado em forminhas de silicone, só até ao meio colocando a amendoa por cima, no meu caso não usei e enchi mais um pouco.
Levar ao forno a 180º durante 8 a 10 minutos.

Depois de desenformadas e frias polvilhei com açucar em pó e canela.





São uma tentação e desapareceram num abrir e fechar de olhos!!!!

O QUE É HOJE O JANTAR???

Há dias assim, pricipalmente nas sextas-feiras!!!
Batata do pacote, ovo estalado, salsichas, fiambre e (resto de ) arroz!!!!



Tem dias que só apetece dizer :Raios partam o comer!!!Irrrraaaa.......

BOLO COM ANIMAIS

O meu avô António fez 82 anos e como não podia deixar de ser teve direito a um bolo dedicado à sua vida, ovelhas e azeitonas.
É um bolo simples de canela, maçã e amêndoa laminada, decorado com chantilly.
Bolo:
250g de açucar
250 g de farinha
150g de manteiga
6 ovos
4 colheres de sopa de leite
1 colher de sobremesa de canela
1 maçã cortada em pedaçinhos
1 mão cheia de amêndoa laminada
1 colher sobremesa de fermento

Cobertura:
chantilly e bolachas raladas

Batem-se as gemas com o açucar e a manteiga derretida.
Junta-se o leite, a canela, a amêndoa, a amaçã e mistura-se tudo muito bem.
Deita-se a farinha e o fermento e no fim as claras em castelo.
Vai ao forno em forma untada com manteiga e facrinha, cerca de 25m a 180º

Bati 3 saquetas de chantilly conforme as instruções e deitei umas gotas de corante verde, para fingir a erva.
Piquei umas 8 bolachas para fazer de terra.
Os animais e a arvore são feitos de pasta de açucar e a escada (foi o marido) é feita de ramos de oliveira.
Ficou bem bonita!



O cão não ficou nada parecido com a Violeta dele, mas enfim...para rir já deu!!!

MOUSSE DE CHOCOLATE COM NATAS

Esta sobremesa é uma delícia!!!
Além de ser bom tem uma apresentação gira.

Aprendi a fazê-la com a minha tia Conceição, mas a minha não é a receita verdadeira, a minha mousse é instântanea e a dela não, para a próxima já será.
Vou dizer como eu fiz:
1 pacote de mousse
1 pacote de natas
4 colheres de açucar
3 folhas de gelatina

Fiz a mousse conforme as instruções e juntei as 3 folhas de gelatina demolhadas e escorridas.
Untei uma forma de bolo inglês com um pouco de óleo e deitei a mousse.Levei ao frio até ficar duro.
Bati o pacote das natas com as colheres de açucar até ficar chantilly.
Com uma colher tirei a parte de dentro da mousse e guardei numa tigela, deitei as natas e tapei com as colheradas de mousse, alisei e levei novamente ao frio para solidicar tudo junto.
Desenformou que foi uma maravilha, que até deu para partir com uma faca.
A minha forma é pequena, leva apenas um pacote de mousse.

Se for uma mousse caseira tem que ser numa forma maior ou até numa de silicone.


As natas ou o chantilly dão um toque especial á mousse, que até nem é um dos doces que mais aprecio-o,mas assim desta maneira é uma tentação, agora imaginem com mousse caseira.


São servidos/as??????

domingo, 7 de fevereiro de 2010

MATANÇA DO PORCO

Estas foram as fotos que consegui tirar pela matança, eu estava lá para trabalhar e não para ser fotógrafa hehehehe


Aqui está o porquinho, já morto, chamuscado e lavado.

Pendurado para ser pesado, aberto para tirar as tripas e para ficar a escorrer até há hora de ser desmanchado.

Assim que se apanha o porco aberto tiram-se logo uns pedaços de carne para se começar a fazer o almoço, sopas de cachola e assaduras.













A confecção das sopas publico noutra reportagem.

Ainda antes de almoço vão-se lavar as tripas ao ribeiro, eu vou sempre adoro fazer isso...(serviço de merda), depois de tirar a porcaria, são voltadas e esfregadas com alhos , sal e laranjas, batidas e bem lavadas outra vez, aprendi com uma tia do meu pai Tia Dionisia, quamdo era pequena e desde aí faço-o sempre, a minha mãe não é capaz de o fazer e quem a safa sou eu...
Depois os homens começam a desmanchar o porco e as mulheres vão dividindo a carne por peças(cacholeiras, sangue, chouriços, linguiças, farinheiras), a carne dos chouriços é migada na máquina por ser em grande quantidade, a outra é toda migada á mão.






Aqui estamos na hora do lanche...sonhos de cenoura, filhoses e bolo de noz e amêndoa(por publicar), café e chá. Nem levantamos o rabo...





Depois de tudo migado é hora de temperar, quem o faz é a avó Tonha, leva alhos picados, sal, água, pimentão nos chouriços e axo que são as linguiças que levam vinho branco(axo eu)



A temperar a gordura e o sangue, para fazer morcelas e peças grandes.



Os lombos ficam dentro dos chouriços a tomar sabor, no outro dia é feito uma calda, onde ficam 3 ou 4 dias e só depois são feitos, enrolados nas peles e apertados com cordel.




No domingo é dia de encher a carne, a primeira coisa é o sangue que vai a cozer na caldeira, tem que se ter muito cuidado para não rebentar nenhuma peça.


As morcelas já estão prontas a provar.



A menina Inês está a encher as cacholeiras, ela encheu e a avó Tonha coseu.



Estes são os chouriços que foram enchidos na máquina, agora é só cozer e cortar, foi o que eu fiz toda a tarde...






No fim é pendurar a carne na chaminé, com um lume pequenino para ir secando, durante umas semanas...



Esta é a máquina onde se enche.

videoaqui está a encher chouriços


videoaqui está a cortar a carne dos chouriços

Desde que apareceu esta máquina as matanças acabam muito cedo. Antigamente era tudo migado e enchido á mão e era pela noite dentro, riamos muito cada um contava um piada ou anedota, enfim...ainda me lembro de o meu tio Zé João aprender a migar a carne com 2 facas uma em cada mão e não se escapava a nenhuma matança, até suava, mas era um instante, agora a máquina veio substituí-lo, vai á mesma á matança mas se calhar é para dar á manivela heheheh